segunda-feira, 2 de março de 2015

Suplementaridade nas relações humanas

     As interações humanas nos permitem algo mais que a complementaridade. Elas nos permitem a suplementaridade, algo do tipo: um mais um é sempre mais que dois. Isto dá uma boa oportunidade para refletir a respeito de organização popular e de interações organizativas.

     Proudhon e a suplementaridade:

"Duzentos trabalhadores puseram de pé, em algumas horas, sobre a base, o obelisco de Luxor; alguém supõe que um só homem, em duzentos dias, teria chegado a consegui-lo?" (Proudhon)


     Agora, a suplementaridade nos versos:

"Vamos precisar de todo mundo,
um mais um é sempre mais que dois,
pra melhor juntar as nossas forças
é só repartir melhor o pão." (Beto Guedes, O Sal da Terra)


Veja o que foi publicado em InterAção Popular Autônoma:

Sobre (informações sobre o site)

Liberdade - Primeira apresentação

Interações organizativas libertárias

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Seguidores

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO