domingo, 22 de fevereiro de 2015

Exercício de organização popular

     Sem dúvida, sem dúvida alguma, é com a participação de todos que fazem parte da sociedade que as transformações, por via direta e não por esta farsa que é a democracia representativa, que ao povo não representa, serão feitas. Porém, para chegar a este estágio, há muito a ser desenvolvido. Algo muito importante é a organização popular horizontal e que para que melhore, cada vez mais, é necessário que a exercitemos.

     Tais exercícios de organização popular podem ser ações como os diversos tipos de apoio e os engajamentos nas causas sociais, dentre tantas outras formas.

Populares deram apoio aos profissionais de Educação pública do Rio de Janeiro.


Famílias desalojadas do terreno da Telerj recebem diversos tipos de apoio da população. Apoios como doações de roupas e de alimentos, palavras de apoio, atividades recreativas com as crianças desalojadas, orientações relativas aos problemas que se apresentaram à esta comunidade, ...


Pessoas de um bairro, no Rio de Janeiro, fizeram um Ato conhecido como "Quem tem, põe. Quem não tem, tira". Um ato solidário e fácil de ser compreendido.


     Cada ação nas causas sociais é um exercício de organização popular, isso é Ação Direta. O caminho é este, afinal não é seguro passar um cheque em branco para que sejamos representados numa estrutura – a democracia representativa –, sabidamente que não favorece à maioria da população.


Veja o que foi publicado em InterAção Popular Autônoma:

Sobre (informações sobre o site)

Liberdade - Primeira apresentação

Interações organizativas libertárias

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Seguidores

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO